Notícias » Alemanha

Em acordo histórico, Alemanha reconhece oficialmente genocídio na Namíbia

Com o reconhecimento dos massacres cometidos pelo Império Alemão na era colonial, a Alemanha deve pagar uma indenização

Penélope Coelho Publicado em 28/05/2021, às 08h07

Alemães em combate com os herero
Alemães em combate com os herero - Richard Knötel/Wikimedia Commons

De acordo com informações publicadas na manhã desta sexta-feira, 28, pela BBC, hoje, a Alemanha reconheceu oficialmente que os crimes cometidos pelo Império Alemão em território africano, contra os povos herero e nama durante o período colonial, foram um genocídio.

A admissão oficial aconteceu mais de um século depois dos massacres, que ocorreram no início do século 20, antes mesmo do nazismo na Segunda Guerra Mundial.

O acordo considerado histórico, veio após cinco anos de negociações com a Namíbia. Segundo o ministro alemão das Relações Exteriores, Heiko Maas, a Alemanha irá pedir perdão formalmente à Namíbia e aos descendentes das mais de dezenas de milhares de vítimas que perderam a vida na ocasião.

Maas define o acordo como um "gesto de reconhecer o imenso sofrimento infligido às vítimas". Com a oficialização do reconhecimento, o governo alemão se comprometeu a pagar uma indenização para a Namíbia.

De acordo com a reportagem, o valor de 1,34 bilhão de dólares será pago em 30 anos, e irá investir em infraestrutura, saúde e programas que tem o objetivo de auxiliar as comunidades que foram afetadas no território namibiano.

Em entrevista à agência de notícias AFP, um porta-voz do governo da Namíbia afirmou que o fato da Alemanha finalmente reconhecer o genocídio é um “primeiro passo na direção certa”.