Notícias » Brasil

Em série documental, Elize Matsunaga diz que quer contar sua versão do crime à filha

Foi a primeira vez que ela falou publicamente sobre o assassinato; produção da Netflix foi lançada na última semana

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 10/07/2021, às 10h28 - Atualizado às 12h55

Elize Matsunaga na série documental ‘Elize Matsunaga: Era uma vez um crime’
Elize Matsunaga na série documental ‘Elize Matsunaga: Era uma vez um crime’ - Divulgação/Netflix

Na última semana, a Netflix lançou a série documental ‘Elize Matsunaga: Era uma vez um crime’, que revisita um dos crimes mais chocantes do Brasil. Em maio de 2012, Elize Matsunaga assassinou e esquartejou seu marido, o empresário Marcos Matsunaga, e está presa desde então.

Nove anos depois, a mulher falou publicamente sobre o crime pela primeira vez durante a gravação do documentário e declarou que quer ver a filha, atualmente com dez anos, para contar sua versão da história que abalou todo o país.

"Pelo fato de ter ficado todos esses anos longe da minha filha, tive medo de não poder mais encontrá-la. Quero ter a oportunidade de falar para ela o que houve de verdade. 'Olha, minha filha, tentei fazer diferente, tentei não errar, mas não consegui'", afirmou Elize.

Segundo o jornal O Globo, a filha do casal mora com os avós paternos e entende que eles são seus pais. Desde o crime, os dois movem na Justiça um processo para a destituição de poder familiar da mãe da menina.

Assista ao trailer do documentário.