Notícias » Lula

Em evento que lança chapa com Lula, Alckmin zera divergências do passado

Durante o evento que oficializa a chapa com o petista, Geraldo falou sobre o passado e defesa da democracia

Redação Publicado em 07/05/2022, às 12h22

Registro antigo de Lula e Alckmin
Registro antigo de Lula e Alckmin - Paula Zwicker/AI Geraldo Alckmin

Diagnosticado com covid-19, Geraldo Alckmin não conseguiu participar presencialmente no evento que oficializa a chapa com o ex-presidente Lulanas eleições 2022. No entanto, sua presença na cerimônia que ocorre em São Paulo neste sábado, 7, foi realizada virtualmente. 

Em sua fala através de um vídeo exibido, Geraldo Alckmin destacou que divergências do passado não servirão como pretexto para deixar de apoiar a volta de Lula à presidência do país. 

Nada, nenhuma divergência do passado ou diferença do presente servirá de razão ou pretexto para que eu deixe de apoiar e defender a volta de Lula à presidência do Brasil", afirmou ele, conforme repercutido pelo PT através do Twitter. 

No discurso, Geraldo também falou sobre a importância de defender a democracia: "A democracia é marcada por disputas. Mas, acima das disputas, algo mais urgente e relevante se impõe: a defesa da própria democracia".