Notícias » Inglaterra

Em fast food, cliente sofre queimaduras nas pernas em decorrência de copo mal tampado

A mulher estava em seu carro quando o acidente aconteceu e afirmou que não teve ajuda dos funcionários da rede de fast food

Penélope Coelho Publicado em 22/10/2020, às 09h42

Rosie Chapman mostra suas queimaduras em rede social
Rosie Chapman mostra suas queimaduras em rede social - Divulgação / Facebook/ Rosie Chapman

Conforme divulgado nesta quinta-feira, 22, pelo portal de notícias UOL, uma mulher moradora de Hertfordshire, na Inglaterra, sofreu queimaduras em suas pernas na última sexta-feira, 16, após a tampa de um copo de chocolate quente do McDonald's abrir, derramando nela o líquido escaldante.

Rosie Chapman, de 28 anos de idade, usou o Facebook para explicar o ocorrido. Em sua rede social, a mulher postou fotos das queimaduras e afirmou que estava sentada em seu carro enquanto segurava o copo em suas mãos quando o líquido caiu em suas pernas. Chapman disse que imediatamente começou a gritar de dor, mas, não teve nenhum auxílio dos funcionários quando entrou no estabelecimento pedindo ajuda.

“Recusaram a me ajudar na loja com uma toalha molhada, água, gelo ou qualquer coisa mesmo que eu estivesse gritando de dor. Depois de sentar no chão do banheiro [da loja] com a pele formigando, eu estava chorando, com medo e com dor — me disseram para sair [do estabelecimento] porque era hora de fechar. Posso possivelmente precisar de um enxerto de pele", afirmou Rosie em suas redes sociais.

Além disso, a vítima do acidente questionou o McDonald's sobre a temperatura das bebidas servidas por eles: "Por favor, explique por que sua equipe é tão mal treinada, suas bebidas podem estar quentes o suficiente para causar isso”, escreveu Chapman.

De acordo com o site Daily Mail, um porta-voz da rede de fast food lamentou o ocorrido, mas, afirmou que os funcionários do local ajudaram a mulher na ocasião: “A saúde e a segurança do nosso pessoal e de nossos clientes são nossa prioridade, e lamentamos saber desse incidente. Após apurar o incidente com o restaurante, entendemos que a equipe prestou assistência ao cliente assim que tomou conhecimento do ocorrido”.

Semelhanças

O caso de Rosie Chapman lembra o pesadelo vivido por Stella Liebeck. Na manhã do dia 27 de fevereiro de 1992, Liebeck passeava com o neto quando decidiu passar no drive-thru de uma unidade do McDonald’s, em Novo México, EUA. Sentada no banco do passageiro de um Ford Probe 1989, o garoto pediu para a avó um copo de café de 49 centavos, entregue momentos depois.

Visto que o carro não tinha porta copos, o rapaz estacionou o veículo para que a avó adicionasse creme e açúcar na bebida, porém, a dificuldade ao remover a tampa resultou na queda do copo, derramando o café no colo. Vestindo uma calça de moletom, o líquido escaldante queimou as coxas, nádegas e virilhas após ser absorvido pela calça de moletom de algodão. O caso resultou em danos gigantescos, sendo levado para a justiça. Veja a matéria completa aqui.