Notícias » Hong Kong

Em Hong Kong, ex-diretor de redação de jornal pró-democracia é detido

Após 26 anos, o Apple Daily encerrou suas atividades em 24 de junho por pressão do governo

Fabio Previdelli Publicado em 21/07/2021, às 11h15

Última edição do Apple Daily
Última edição do Apple Daily - Getty Images

De acordo com a polícia de Hong Kong, o jornalista Lam Man-chung, que foi diretor de redação do Apple Daily, um jornal pró-democracia que foi obrigado a fechar, foi preso hoje, 21. As informações são da AFP. 

Segundo a agência de notícias, Man-chung, de 51 anos, é o nono ex-funcionário do Apple Daily detido com base na lei de segurança nacional — que foi imposta por Pequim a Hong Kong no ano de 2019. 

O ex-diretor de redação é acusado de “conluio com forças estrangeiras”, mesmo motivo pelo qual o magnata Jimmy Lai, dono do jornal, está detido. A última edição do Apple Daily foi publicada em 24 de junho de 2021.  

Após o fechamento do veículo, que tinha cerca de 26 anos de existência, cerca de mil funcionários ficaram desempregados. Destes, de acordo com informações da AFP, quase 700 deles eram jornalistas.