Notícias » Brasil

Em live, Olavo de Carvalho chama Alexandre de Moraes de comunista e pede "pena de morte"

Através das redes sociais, Olavo ainda deixou um alerta para o presidente: "Ponha os juízes criminosos na cadeia antes que eles o ponham"

Paola Churchill Publicado em 28/05/2020, às 12h08 - Atualizado às 12h09

Olavo de Carvalho durante live com Eduardo Bolsonaro
Olavo de Carvalho durante live com Eduardo Bolsonaro - Divulgação

Na última quarta-feira, 27, o mentor bolsonarista Olavo de Carvalho participou de uma live com o deputado Eduardo Bolsonaro. Enquanto os dois debatiam sobre as investigações da Fake News, ação determinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, Olavo pregou "a pena de morte" a ele. 

"Essa gente não deveria ter o direito de abrir a boca. Para mim, esse Alexandre de Moraes tem que ser posto na cadeia e não ter o direito de falar. Eu sou a favor da pena de morte para esses casos" afirmou o astrólogo que completou dizendo "Você é um genocida, Sr. Alexandre de Moraes. É óbvio que você é um comunista e todo comunista é genocida". 

Participaram também da transmissão ao vivo, a deputada Bia Kicis e o blogueiro Allan dos Santos, que também estão sendo alvos de investigações das Fake News. Ambos não se pronunciaram sobre a fala de Olavo. 

Após toda a repercussão nas redes sociais, o guru de Jair usou de suas plataformas para continuar disseminando essa ideia e ainda deixou um recado direto ao presidente Jair Bolsonaro em seu Facebook. 

“Sr. Presidente: Como o senhor permite que a sua Polícia Federal tome parte em AÇÕES ILEGAIS contra brasileiros cujo único crime foi o de apoiá-lo? Ponha os juízes criminosos na cadeia antes que eles o ponham”, afirmou.