Notícias » Crimes

Em meio ao pedido de prisão e cassação do mandato, defesa de Flordelis entra com Habeas Corpus

A ex-deputada tenta responder em liberdade ao julgamento da morte do marido

Luíza Feniar Migliosi Publicado em 12/08/2021, às 11h47

Flordelis e Anderson
Flordelis e Anderson - Divulgação/Youtube

A ex-deputada federal Flordelis (PSD-RJ) entrou com um pedido de Habeas Corpus depois de ter o seu mandato cassado na Câmara dos Deputados na quarta-feira, 11, segundo o portal G1.

O processo criminal ainda não foi julgado, mas os deputados consideraram que a sua atuação feriu o Código de Ética da Câmara. Dos 257 votos necessários, a cassação foi aprovada com 437.

A parlamentar é acusada de ser a mandante da morte do pastorAnderson do Carmo, seu marido. O advogado que representa a vítima pediu a prisão de Flordelis após a cassação.

Para a defesa, a ex-deputada não pode ser presa porque o pedido de prisão foi feito pelo assistente da acusação. Além de considerarem a cliente idosa, relataram que ela colaborou com a justiça e compareceu aos atos processuais em meio a pandemia da Covid-19.  

Segundo os advogados, Flordelis sofreu uma isquemia cerebral em 2016. Devido isso, ela recebe atendimento médico e psiquiátrico, e, na segunda-feira, 9, a ex-deputada foi atendida em uma emergência.