Notícias » Europa

Em meio a aumento de covid-19, França volta com o uso obrigatório de máscaras em escolas

Alunos e professores de instituições de ensino seguem a regra que entrou em vigor na segunda-feira, 15

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 16/11/2021, às 14h06

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

Entrou em vigor na última segunda-feira, 15, uma antiga medida francesa que tornava o uso de máscara obrigatório dentro de escolas a partir da primeira série, conforme foi anunciado que aconteceria pelo presidente Emmanuel Macron em pronunciamento na última semana. 

O uso de máscaras, que havia deixado de ser obrigatório para crianças a partir do ensino primário em regiões onde a incidência de covid-19 era mais baixa durante o mês de setembro, voltou a ser exigido em todo país, independentemente do número de casos, segundo a DW Brasil.

A medida volta em meio a um aumento da ocorrência de casos da doença na França e em outros países europeus.

Ainda segundo a Deutsche Welle, o número de infecções pelo coronavírus no país subiu 28% em apenas uma semana, e a incidência nacional é de 89 a cada 100 mil habitantes em sete dias.

Macron também havia dito, no mesmo pronunciamento, que todos os idosos devem receber a terceira dose da vacina, porque sem a dose de reforço deixarão de ser considerados totalmente vacinados a partir do mês de dezembro, tendo então que fazer testes para poder frequentar restaurantes, museus e teatros.