Notícias » Brasil

Em Minas Gerais, polícia descobre três ossadas humanas em terreno baldio

Através de uma denúncia anônima, a Polícia Civil descobriu os restos humanos de dois homens e uma mulher; investigação segue apurando o caso

Alana Sousa Publicado em 21/07/2021, às 10h50

Imagem da escavação que encontrou ossadas humanas em Minas Gerais, Brasil
Imagem da escavação que encontrou ossadas humanas em Minas Gerais, Brasil - Divulgação/Polícia Civil de Minas Gerais

Em um terreno baldio no bairro Atalaia, em Governador Valadares, Minas Gerais, a Polícia Civil descobriu três ossadas humanas, após receber uma dica através de uma denúncia anônima, segundo informações do portal UOL.

Além da Polícia Civil, agentes do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar participaram da operação que revelou os restos mortais. Embora as identidades das vítimas não terem sido reveladas, os oficiais anunciaram que se trata de dois homens e uma mulher — os quais, possivelmente, integram a lista de pessoas desaparecidas.

"A ação também contou com o apoio da prefeitura e de cão farejador do Corpo de Bombeiros Militar. A equipe da perícia esteve no local realizando levantamentos e colhendo material que auxiliará na apuração do caso", informou a polícia através de um comunicado.

O delegado Márdio Bento Costa, da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida e Pessoas Desaparecidas, acredita que as vítimas foram mortas em datas diferentes, mas os casos podem ser resultados de brigas de gangues da região.

Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.