Notícias » Estados Unidos

Em Nova York, rede de saúde demite mais de mil funcionários não vacinados

Os profissionais da área da saúde são obrigados a estarem imunizados contra a covid-19 no estado norte-americano

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 05/10/2021, às 16h01

Imagem meramente ilustrativa de vacina
Imagem meramente ilustrativa de vacina - Getty Images

A rede de saúde Northwell Health, localizada no estado norte-americano de Nova York, realizou uma demissão em massa daqueles funcionários que haviam se recusado a imunizar-se contra o coronavírus, conforme repercutido pelo UOL nesta terça-feira, 5. 

Um total de 1.400 trabalhadores foram desligados do local, o que é uma porção pequena em relação aos que haviam se vacinado, que eram 76 mil. A medida foi em respeito à regulamentação governamental que exige que aqueles que atuam na área da saúde estejam devidamente vacinados

Ainda de acordo com o veículo, essa e outras obrigatoriedades levaram a um aumento do número de norte-americanos imunizados. 

"Nosso objetivo não era demitir empregados. Nosso objetivo era fazer com que as pessoas se vacinassem", afirmou Joe Kemp, o porta-voz da rede de saúde. 

"A Northwell lamenta perder qualquer funcionário sob tais circunstâncias", disse a empresa em nota. "Devemos isso à nossa equipe, aos pacientes e comunidades que servimos: precisamos estar 100% vacinados contra a Covid-19".