Notícias » Estados Unidos

Em programa, golpista que fingiu ser socialite afirma que crime compensa

Anna Sorokin acumulou uma fortuna de 270 mil dólares com seus golpes, o equivalente a 1,5 milhões de reais

Ingredi Brunato, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 14/03/2021, às 08h00 - Atualizado às 12h11

Anna Sorokin em tribunal
Anna Sorokin em tribunal - Divulgação/Programa Domingo Espetacular

Em uma entrevista ao programa Newsnight, da BBC, a falsa herdeira Anna Sorokin — ou Anna Delvey, como ela era chamada quando se passava por uma socialite em Nova York — comentou que, ao contrário do que o ditado afirma, o crime “de certa forma, compensa, sim”. As informações foram repercutidas pelo UOL. 

A golpista viveu uma vida de luxos, enganando a alta sociedade norte-americana. Ela se hospedou em hotéis cinco estrelas, comeu nos melhores restaurantes, foi em inúmeras viagens, usou roupas desenhadas por estilistas de alta costura e ainda participou de eventos reservados apenas à elite. Isso tudo sem realmente ter os recursos financeiros que lhe garantiriam essa vida de privilégios. 

A estadunidense passou três anos na prisão por suas inúmeras fraudes, mudando depois disso para o regime condicional. No início do mês de março, então, a Netflix anunciou que faria uma série baseada na vida da vigarista — o que significa que a plataforma comprou os direitos de contar a história da criminosa, e, por isso, pagou a ela 370 mil dólares (ou o equivalente a 1,8 milhões de reais).  

O dinheiro não foi direto para as mãos de Anna, todavia, por conta de impedimentos legais. Ainda assim, ela terá acesso a parte dele no futuro. É nesse contexto que a falsa herdeira comentou que, na verdade, não se arrepende necessariamente do que fez, porque não se sente triste por suas ações passadas, apenas não as repetiria no presente.