Notícias » País de Gales

Em protesto contra o governo, homem vai ao mercado usando somente cueca e máscara, no País de Gales

A atitude do cidadão se deu em decorrência da proibição da venda de roupas em supermercados no país. Confira o vídeo!

Redação Publicado em 26/10/2020, às 13h49

Imagem ilustrativa de mercado
Imagem ilustrativa de mercado - Pixabay

De acordo com informações publicadas no portal de notícias UOL nesta segunda-feira, 26, um homem chamou a atenção no País de Gales nesta semana após decidir fazer compras em um mercado localizado em Newport, o cidadão vestia apenas cueca e máscara.

De acordo com a publicação, a atitude do homem de 38 anos, chamado Chris Noden, se deu como uma forma de protesto depois da decisão do governo local de proibir a venda de roupas em supermercados por não considerá-las "itens essenciais”, em meio à pandemia do novo coronavírus. Novas restrições foram aplicadas desde 23 de outubro, a fim de controlar o aumento de infecções no País de Gales.

Na ocasião, Noden estava acompanhado de sua esposa que filmou o ocorrido. Porém, o protesto não durou muito tempo, já que ele logo foi contido pelos seguranças do local, uma conhecida unidade da multinacional Tesco.

Na filmagem é possível observar que a mulher de Chris concorda com a atitude do marido dizendo: "Isso [a proibição de compra de roupas] está além do ridículo. Há crianças crescendo que precisam de roupas”. Enquanto o segurança responde afirmando que o homem "não está vestido apropriadamente". "Vá falar com o governo. Você não pode entrar vestido assim”, confronta o funcionário do local.

Confira o vídeo.