Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / São Paulo

Em São Paulo, sobrinho mata tia de 81 anos e a deixa amordaçada e amarrada na cama

Sobrinho queria roubar a televisão da tia, caso ocorreu em Santos, litoral de São Paulo

Isabelly de Lima, sob supervisão de Publicado em 01/08/2022, às 17h06

Foto ilustrativa de pés amarrados - Foto de Shibari, via Pixabay
Foto ilustrativa de pés amarrados - Foto de Shibari, via Pixabay

Um homem foi preso por matar a tia idosa e a deixar amarrada e amordaçada em cima da cama em Santos, o litoral de São Paulo. A senhora era Neide Candida Ayres, que tinha completado 81 aos um dia antes do crime.

A Polícia Civil afirmou que o crime aconteceu na noite do último sábado, 30, na casa da própria senhora, no bairro do Embaré. A 3ª Delegacia de Homicídios, responsável pela investigação do homicídio contatou que o principal suspeito era o sobrinho da vítima, de 39 anos.

O homem foi encontrado no último domingo, 31, no bairro Vila Mathias, e foi levado até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos, e lá ele confessou o crime. Em depoimento, o suspeito contou que invadiu a casa para roubar uma televisão e que Neide o teria “surpreendido” e que a esganou para se defender.

Crime de família

Após a morte da tia, segundo a Polícia Militar, o sobrinho de 39 anos acionou as autoridades informando que tinha ido até a casa dela e a encontrou morta. Quando os agentes chegaram ao local, a encontraram com sinais de violência, amordaçada e amarrada na própria cama.

O homem afirmou aos policiais que depois do ocorrido vendeu a televisão por R$ 850 para comprar entorpecentes, pois é usuário de drogas. Ele foi preso em flagrante por homicídio qualificado e pediu à Justiça que sua prisão seja alterada para preventiva, de acordo com o G1.


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir!