Notícias » Paleontologia

Em SP, fóssil revela dinossauro carnívoro de 70 milhões de anos

Kurupi itaata foi localizado no município de Monte Alto e analisado após 12 anos de escavações contínuas

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 28/09/2021, às 09h02

Representação ilustrativa do Kurupi itaata
Representação ilustrativa do Kurupi itaata - Divulgação / Museu de Paleontologia de Monte Alto

Um grupo de pesquisadores de Monte Alto, no interior de São Paulo, localizou um fóssil de dinossauro inédito, datado de 70 milhões de anos atrás, como informa o portal G1. Trata-se de um Kurupi itaata, que compõe a família dos abilissaurídeos, sendo o mais velho carnívoro já encontrado no município.

A identificação do animal foi concluída após anos de análises cuidadosas na ossada do animal, cuja primeira parte foi encontrada e 2002, com o trabalho de escavação encerrando 12 anos depois, em 2014.

A ossada não foi encontrada por completo, mas iniciou com a descoberta dos ossos da bacia e, ao longo dos anos, clareada com o encontro de vértebras.

Imagem de um dos principais ossos do dinossauro / Crédito: Divulgação / Vídeo / EPTV2

 

Os abelissaurídeos são um dos maiores predadores conhecidos no continente, vivendo há cerca de 145 milhões e 66 milhões de anos atrás, sendo um símbolo carnívoro na América do Sul, como enalteceu a paleontóloga e coordenadora do Museu de Paleontologia de Monte Alto, Sandra Tavares ao G1.

"No Brasil, essa é a quarta espécie descrita que está sendo apresentada ao público. [...] Os dinossauros carnívoros são bem raros. Tem pescoçudos descritos, mas esses terópodes, como é o caso do Kurupi, são muito raros. Então a alegria é imensa de achar um bicho dessa importância", enfatizou a pesquisadora.

Agora, os itens estão sendo preparado para ser exposto no museu local, mas já teve imagens divulgadas pela prefeitura de Monte Alto, já com as formações rochosas retiradas da estrutura dos ossos, permitindo a visualização clara da estrutura do predador.