Notícias » América Latina

Em meio à crise política, Peru tem terceiro presidente anunciado

Em uma semana o país passou por um impeachment e por uma renúncia do presidente interino

Giovanna de Matteo Publicado em 17/11/2020, às 09h55

Francisco Sagasti é o mais novo presidente interino do Peru
Francisco Sagasti é o mais novo presidente interino do Peru - Wikimedia Commons

Com a saída de dois presidentes, o Congresso do Peru escolheu o terceiro em uma semana para assumir o país que passa por uma crise política.

O escolhido da vez foi o legislador Francisco Sagasti, que assumirá a presidência até as eleições nacionais que acontecem em abril. Sagasti tem 76 anos e é do Partido Morado, de ideologia centrista.

Ele conseguiu o cargo através de uma votação indireta nessa segunda-feira, 16, enquanto as pessoas erguiam a bandeira do Peru e faziam barulho no lado de fora do Congresso.

A vaga na presidência ficou aberta após o impeachment de Martín Vizcarra na última segunda-feira, 9, após ser acusado de corrupção. Em seguida o país foi surpreendido com a renúncia de seu substituto Manuel Merido,que deixou o cargo cinco dias depois de seu juramento, por conta de protestos violentos contra seu governo que resultou na morte de dois estudantes.

“Hoje não é um dia de comemoração”, declarouSagasti ao assumir o cargo no Congresso. “Não podemos voltar atrás, trazê-los de volta à vida, mas podemos agir do Congresso, do Executivo, para que isso não volte a acontecer”, afirmou ele em comentário sobre a repressão policial nas manifestações.

“Após a votação, ele saiu do Congresso com seguranças e cruzou as linhas da polícia para se aproximar de um grupo de manifestantes que estavam do lado de fora do prédio esperando a notícia de quem seria o próximo presidente do Peru. Ele acenou para eles e eles acenaram de volta. É um sinal de que ele está dizendo aos jovens: 'Eu estou com você", relatou Mariana Sanchez, da Al Jazeera.