Notícias » Pré-História

Pesquisadores encontram colar neandertal feito com garra de águia

O único exemplar já encontrado na Península Ibérica, esse tipo de ornamento foi o primeiro feito com razões simbólicas

André Nogueira Publicado em 06/11/2019, às 11h39

Garra de águia esculpida por neandertais
Garra de águia esculpida por neandertais - Heritage Daily

Pela primeira vez na História, pesquisadores encontraram evidências do uso de garras de águia como ornamentos na Península Ibérica. Trata-se de um dos primeiros elementos usados na fabricação de joias pelos neandertais. A descoberta foi divulgada pela Science Advances.

A pesquisa responsável pela novidade foi liderada por Antonio Rodríguez-Hidalgo, do Instituto de Evolução na África. Ele relatou que a peça é de suma relevância, por ser a mais moderna encontrada no período neandertal, e a única na Península Ibérica, o que amplia os recortes geográficos e cronológicos do uso desses ornamentos.

Águia da qual foi feito o colar / Crédito: Wikimedia Commons

 

“Os neandertais usavam garras de águia como elementos simbólicos, provavelmente como pingentes de colar, desde o início do meio paleolítico”, explica Antonio. O colar, feito de ossos da águia imperial espanhola, tem mais de 39.000 anos, ou seja, mais antigo até que os pingentes de concha hoje conhecidos.

A descoberta envolveu uma associação entre Antonio Rodrígues-Hidalgo e instituições como a Universidade Rovira i Virgili, o Instituto Catalão de Paleoecologia Humana e Evolução Social, o Museu de História Natural de Paris, da Universidade de Salamanca, da Universidade de Calgary (Canadá) e do Centro Nacional Francês de Pesquisa Científica.