Notícias » Reino Unido

Encontrados no Reino Unido, 42 esqueletos misteriosos causam controvérsia entre pesquisadores

Os restos mortais foram encontrados durante a construção de casas de repouso na Inglaterra

Daniela Bazi Publicado em 05/02/2020, às 08h00

Representação dos esqueletos encontrados
Representação dos esqueletos encontrados - Getty Images

Sepulturas coletivas contendo os restos mortais de 42 pessoas foram encontradas no Reino Unido durante um projeto em construção de 72 casas de repouso, em Milton Keynes, Buckinghamshire, na Inglaterra, desenvolvido pela empresa Brio Retirement Living Holdings.

De acordo com relatos de pessoas presentes na descoberta, os restos estavam com as mãos amarradas, sugerindo de que eles fossem prisioneiros, supostamente anglo-saxões. Segundo o jornal local MK Citizen, “não se sabe se havia algum artefato enterrado com eles que pudesse datar o período de sua morte”.

O Serviço Arqueológico do Condado de Bucks diz ter conhecimento da descoberta, mas que não teve acesso ao relatório de pesquisa, que deve revelar os gêneros, as idades, os artefatos encontrados juntos aos esqueletos, assim como a causa da morte, fatos que ajudariam a responder as perguntas de se os restos mortais são realmente da era Anglo-Saxônica ou da Guerra Civil Inglesa.

A instituição acredita que podem receber todos os relatórios entre as próximas semanas ou meses. Bill Chapple, um dos membros do conselho local afirmou que "estamos ansiosos para compartilhar os resultados assim que os tivermos".


+Saiba mais sobe o tema por meio de grandes obras:

Especial Viaje Mais - Reino Unido Edição 01: Reino Unido - Edição 1, de Editora Europa (2018) - https://amzn.to/31tK0vr

Os Ingleses, de Maria Lúcia Garcia Pallares-Burke e Peter Burke (2016) - https://amzn.to/31ukWon

Titãs da história: Os gigantes que mudaram o nosso mundo, de Simon Sebag Montefiore (2018) - https://amzn.to/31AGbVy

Especial Viaje Mais: Londres e Outros Destinos do Reino Unido, de Editora Europa (2015) - https://amzn.to/31s6j4M 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.