Notícias » Mundo

Engenheiros do MIT criam veículo capaz de flutuar

Desenvolvido para explorar a superfície de corpos celestes como a Lua, o pequeno equipamento ainda está sendo testado

Pamela Malva Publicado em 27/12/2021, às 16h00

Representação do veículo voador
Representação do veículo voador - Divulgação/ MIT

Na última terça-feira, 21, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) revelou que vem testando um novo veículo capaz de flutuar na Lua. Segundo divulgado pelo site do próprio instituto, o equipamento pode levitar utilizando a carga natural da lua.

Satélite natural da Terra, a Lua não possui atmosfera, mas conta com um campo elétrico bastante forte. Ele é responsável pela suspensão de partículas de poeira que flutuam a mais de um metro acima do solo do corpo celeste.

Diante desse campo elétrico, engenheiros da NASA chegaram a sugerir que a carga na superfície lunar poderia levitar um planador feito de Mylar, um material com a mesma carga elétrica que corpos sem ar. Mas a teoria tinha uma falha: o tamanho dos veículos.

Engenheiros aeroespaciais do MIT, então, criaram um equipamento com pequenos propulsores de íons que geram uma força repulsiva forte o suficiente para erguer um veículo com 0,9 kg (cerca de 2 libras). Tal capacidade, inclusive, já foi testada pelo protótipo criado pelos cientistas, que tem o formato de um disco voador retrô.

“Pensamos em usar isso como as missões Hayabusa que foram lançadas pela agência espacial japonesa”, explicou Oliver Jia-Richards, estudante de pós-graduação no Departamento de Aeronáutica e Astronáutica do MIT e principal autor do estudo.

Da mesma forma, pensamos que uma missão futura poderia enviar pequenos robôs pairando para explorar a superfície da Lua e outros asteroides", narrou o engenheiro.

Da mesma forma, Paulo Lozano, co-autor da pesquisa, acredita que futuras missões espaciais podem utilizar rovers com a tecnologia dos propulsores de íons para explorar os terrenos de outros corpos celestes, que muitas vezes são irregulares.