Notícias » Personagem

Entidade premia Harry e Meghan Markle por não terem mais de dois filhos

A organização visa uma 'população sustentável'

Redação Publicado em 10/07/2021, às 11h35

Harry e Meghan em 2020
Harry e Meghan em 2020 - Getty Images

A entidade Charity Population Matters premiou o casal Harry e Meghan Markle por um motivo inusitado. Acontece que o filho de Lady Di e sua esposa receberam a honraria após anunciarem que não imaginam ter mais de dois filhos.

Atualmente, o caçula do príncipe Charles e a ex-atriz são pais de Archie, que atualmente tem 2 anos e Lilibet Diana, com pouco mais de um mês de vida.

A organização que visa uma ‘população sustentável’, como repercutiu o portal de notícias UOL, optou por premiar a dupla com o ‘Prêmio Especial’. Isso porque eles estariam reduzindo o impacto ambiental.

"Ao escolher e declarar publicamente sua intenção de limitar sua família a dois filhos, os Duques de Sussex estão ajudando a garantir um futuro melhor para seus filhos e servindo como modelos para outras famílias", explicou um porta-voz da Charity Population Matters.

Também fora destacado a importância de garantir o futuro das próximas gerações.

"Ter uma família menor reduz o impacto na Terra e garante uma chance melhor para todas as nossas crianças, suas crianças e as futuras gerações. Parabenizamos o duque e a duquesa por tomarem essa decisão esclarecida e por afirmar que uma família menor também é uma família feliz", diz.

Vale destacar que o irmão do príncipe William já havia declarado em 2019 o que o motivou a ter apenas dois filhos, ou seja, de acordo com o que defende a entidade.

"E, certamente, sendo tão inteligentes como somos devemos ser capazes de deixar algo melhor para a próxima geração", disse ele em entrevista à Vogue, ao mencionar que o planeta em que vivemos é ‘emprestado’.