Notícias » São Paulo

Entrada de homens é proibida em loja no interior de SP

A decisão da dona do estabelecimento foi motivada por casos de assédio; entenda

Penélope Coelho Publicado em 27/01/2022, às 08h35 - Atualizado às 10h00

Cartaz em loja de SP
Cartaz em loja de SP - Divulgação/Arquivo Pessoal

Após casos de assédio em uma loja de roupas, localizada em São José dos Campos, interior de São Paulo, a dona do estabelecimento decidiu proibir a entrada de homens no local.

A decisão da empresária e influencer cearense, Andrea Costa, chamou a atenção nas redes sociais. Tudo começou a partir dos cartazes colocados no estabelecimento. “Homens, se não forem provar, esperem do lado de fora da loja”, diz um dos avisos.

De acordo com reportagem publicada nesta quinta-feira, 27, pelo portal de notícias g1, Andrea falou sobre sua escolha, em entrevista:

"Eles (homens) entravam na loja, ficavam atrás das mulheres, quando não era depreciando o corpo delas, era olhando para elas trocando de roupa no provador através das cortinas. Temos um estúdio de fotografia dentro da loja e muitos homens vinham e entravam apenas para olhar as modelos", revelou.

Segundo os cartazes, homens que apresentam comportamentos inadequados não são bem-vindos na loja.

“É muito constrangedor para nós, para os clientes, para minhas funcionárias. Foi o único jeito de oferecer segurança para todas aqui", finalizou a dona do local.