Notícias » Coronavírus

Equipe da OMS viajará para Wuhan para estudar a origem da covid-19

A organização assegurou, em coletiva de imprensa, que os especialistas não serão supervisionados por Pequim

Giovanna Gomes Publicado em 20/12/2020, às 03h00

Imagem ilustrativa do coronavírus
Imagem ilustrativa do coronavírus - Pixabay

Uma equipe internacional de especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) visitará a cidade chinesa de Wuhan, onde iniciou-se o surto de coronavírus, para estudar a origem da doença. A agência ainda assegurou que a pesquisa não será "supervisionada” por Pequim.

“A equipe irá a Wuhan, é o objetivo da missão”, declarou o encarregado de situações de emergência sanitária da OMS, Michael Ryan, em coletiva de imprensa. Respondendo a jornalistas, ele afirmou que os especialistas "não estarão, como dizem vocês, supervisionados por funcionários chineses”.

Os Estados Unidos realizaram declarações públicas em diferentes ocasiões afirmando que Pequim estaria ocultando dados, além de que a OMS seria condescendente demais com as autoridades chinesas.

Ryan explicou que ainda não há uma data certa para a viagem, mas deverá ocorrer “na primeira semana de janeiro”. Ele disse ainda que, os especialistas terão que fazer quarentena quando chegarem e que passarão por Pequim como um gesto de “cortesia” com os chineses.

Em geral, os cientistas acreditam que o hospedeiro original do vírus seja um morcego, mas ainda são necessários estudos para determinar qual animal intermediário fez com que os humanos se infectassem. A equipe responsável pela missão é composta por dez cientistas renomados de diferentes países.