Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Eri Johnson

Eri Johnson revela briga com Guilherme de Pádua e relembra Daniella Perez: 'Seria uma grande estrela'

Em entrevista, Eri Johnson falou sobre Daniella Perez e relembrou uma antiga briga com Guilherme de Pádua

Redação Publicado em 27/07/2022, às 18h47

Daniella Perez e Eri Johnson - Reprodução
Daniella Perez e Eri Johnson - Reprodução

Durante uma participação no 'Programa de Todos os Programas, do R7, o ator e apresentador Eri Johnson relembrou um antigo episódio que envolve Guilherme de Pádua, ex-ator condenado por matar a atriz e dançarina Daniella Perez, tema de 'Pacto Brutal', novo documentário da HBO. 

A briga ocorreu antes do assassinato da filha de Glória Perez, autora de novelas. Na entrevista, Eri Johnson relembrou momentos vividos com Daniella, afinal, eles atuaram juntos na novela 'De Corpo e Alma', que marcou o último trabalho da talentosa e jovem atriz na televisão brasileira.

Como consequência, o ator e apresentador também conviveu no elenco com Guilherme de Pádua, que contracenava na novela. Todavia, Eri explicou em entrevista que o problema com Guilherme aconteceu bem antes da novela. 

Especificamente, ele não gostou da maneira como o home condenado por matar Daniella Perez agiu com uma assistente da peça. 

"Eu não me dava com ele desde a peça Ali Babá e os 40 Ladrões, que ele fazia o chefe dos ladrões e eu era o Ali Babá. Teve um momento que ele foi grosso [com uma assistente], foi mal educado. Não gostei da maneira e fui lá, eu fui chateado com a falta de educação e aí nós discutimos. Eu era um cara muito mais esquentado do que sou hoje, aí separaram e a partir dali, não falamos mais", disse ele. 

Na entrevista, ele também relembrou que Daniella faz 'muita falta', além de enfatizar que hoje em dia a filha de Glória Perez seria uma 'grande estrela'. 

"Ela faz muita falta. Seria uma grande estrela. Foi péssimo [continuar trabalhando]. Pedi força para continuar pela Glória. Eu pensava: Não é justo eu desanimar, ficar pra baixo porque a mãe dela está tendo força sei lá de onde pra continuar. Todos nós precisávamos continuar, era um compromisso que nós tínhamos de continuar com a novela", disse ele no programa.