Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Medicina

Escocês perde licença médica após dar diagnósticos falsos de câncer

O ex-profissional de saúde mentiu para os pais de pelo menos três crianças, entenda!

Redação Publicado em 27/07/2022, às 15h24

Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/ Pixabay/ ckstockphoto
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/ Pixabay/ ckstockphoto

Um tribunal da cidade de Glasglow, na Escócia, retirou permanentemente a licença médica de um homem que havia dado falsos diagnósticos de câncer para pelo menos três pacientes diferentes. 

As mentiras do pediatra Mina Chowdhury, de 45 anos, eram motivadas por ganhos financeiros. Após enganar os pais dos jovens que atendia, ele recomendava a realização de exames e tratamentos em uma clínica particular específica, a Meras Healthcare, que era administrada por ele. 

O julgamento que precedeu a perda da licença de Chowdhury analisou os casos de três pacientes diferentes, sendo que os dois primeiros tinham menos que três anos de idade, e o último estando na adolescência. As informações foram repercutidas pelo portal britânico The Daily Record. 

Em todas as situações, o pediatra escocês informou aos pais que seus filhos sofriam com condições cancerígenas, e em uma delas, chegou a impedir que procurassem o Serviço Nacional de Saúde (NHS), justificando que seria "confuso". 

Consequências 

A conduta inadequada de Chowdhury havia sido identificada e punida de forma preliminar no início de 2021, quando recebeu uma suspensão por parte do Serviço do Tribunal de Médicos (MPTS). 

O último desdobramento judicial, por sua vez, afirmou ter havido uma "desonestidade persistente em várias áreas que Chowdhury não reconheceu e nem admitiu totalmente", antes de decidir pela remoção do registro médico do pediatra. 


+O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.