Notícias » Personagem

Escultura inédita de Leonardo da Vinci é identificada em Florença

“A Virgem com a Criança que Ri” fazia parte de uma exposição e era creditada ao artista Antonio Rossellino

Letícia Yazbek Publicado em 15/03/2019, às 15h39

None
Reprodução

Curadores de uma exposição em Florença, na Itália, acreditam ter encontrado uma obra inédita de Leonardo da Vinci. Trata-se de uma pequena escultura de terracota chamada A Virgem com a Criança que Ri.

Durante séculos, circularam diversos rumores de que da Vinci era também um escultor. No entanto, nenhuma escultura havia sido identificada como obra sua.

A Virgem com a Criança que Ri faz parte do acervo do Museu Victoria and Albert, de Londres, desde 1858. A obra foi creditada ao escultor e arquiteto italiano Antonio Rossellino pelo historiador de arte e antigo diretor do Museu Britânico John Pope-Hennessy.

A Virgem com a Criança que Ri, atribuída a Leonardo da Vinci / Reprodução

Quando a obra passou a fazer parte de uma exposição em Florença, o acadêmico italiano Francesco Caglioti, conhecido pelo seu vasto conhecimento da escultura do século 15, criticou a visão de Pope-Hennessy. Segundo Caglioti, o historiador britânico não tinha evidências o suficiente para declarar que a escultura era obra de Rossellino.

Caglioti e sua equipe, então, perceberam que a escultura apresenta muitas características presentes nas obras de da Vinci, como o sorriso enigmático da Virgem, semelhante ao de Monalisa. A vivacidade realista do rosto da criança também se assemelha aos desenhos feitos por Leonardo, assim como os volumosos drapeados que fluem sobre as pernas da Madona.

Os pesquisadores italianos acreditam que da Vinci esculpiu A Virgem com a Criança que Ri por volta de 1472, quando tinha 19 ou 20 anos e ainda era um estudante do mestre Andrea del Verrocchio. 

A escultura está à mostra para o público junto a 120 pinturas, esculturas e desenhos que celebram o conjunto da obra de Verrocchio, no Palazzo Strozzi, em Florença.