Notícias » China

Escultura rara de 6 mil anos de bicho da seda é encontrada na China

Os pesquisadores acreditam que o artefato seja o mais antigo já localizado representando o inseto

Alana Sousa Publicado em 28/10/2020, às 13h00

A escultura encontrada na escavação
A escultura encontrada na escavação - Departamento de Cultura e Turismo do Condado de Xiaxian

Escavações arqueológicas no condado de Xiaxian, na província de Shanxi, China, revelaram o que se acredita ser a mais antiga escultura de um bicho da seda da História. O artefato de seis mil anos foi localizado pela Escola de Arqueologia da Universidade de Jilin e pelo Instituto Provincial de Arqueologia de Shanxi, os pesquisadores estavam em trabalho de campo desde junho de 2019.

O objeto é pequeno, de cor marrom com detalhes listrados em preto e, segundo o arqueólogo e professor Duan Tianjing, mostra como as comunidades antigas atribuíam uma grande importância ao inseto. A informação foi divulgada pelo portal CGTN, China Global Television Network.

Imagem meramente ilustrativa de um bicho da seda / Crédito: Pixabay

 

Além de uma forma de celebrar o bicho que tem grande importância econômica através dos séculos, os pesquisadores acreditam que ele fortaleceu a ideia de que uma lenda chinesa pode ter espalhado a origem e popularização da seda.

No mito, a esposa do Imperador Amarelo, Leizu, teria ensinado funcionários de Xiaxian a criar esses bichos e, então, cultivar um dos tecidos mais valiosos da humanidade.