Notícias » Coronavírus

Esloveno toma sete doses de vacina contra covid-19 e é preso

O homem foi pago por pessoas que não queriam tomar os próprios imunizantes; entenda

Isabela Barreiros Publicado em 23/12/2021, às 09h23

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay / Johaehn

Um homem foi preso na Eslovênia após se vacinar contra a covid-19 sete vezes. A detenção ocorreu na oitava tentativa de receber o imunizante, enquanto usava os documentos de outra pessoa ainda nesta semana.

Segundo o jornal local Dnevnik, o indivíduo recebeu dinheiro de pessoas que não queriam se vacinar, mas que esperavam conseguir o passaporte sanitário obtido a partir da vacinação, que permite a entrada em estabelecimentos e participação em eventos.

Ele foi vacinado duas vezes com os próprios documentos, mas as outras sete vezes foi depois de ter sido pago e usar as identificações de terceiro, para que estes conseguissem o passe verde, em inúmeros centros médicos eslovenos.

"A pessoa em questão recebeu pequenas quantias de dinheiro de quatro suspeitos, que aproveitaram sua difícil situação social e o pressionaram a cometer este crime, sem se importar com sua saúde", explicou um porta-voz da polícia à publicação.

Além do homem que recebeu as sete doses, quatro outras pessoas envolvidas na fraude foram denunciadas por pagarem para que outra pessoa recebesse as doses em seus nomes. O crime de falsidade ideológica pode gerar até três anos de prisão no país.

Embora o caso tenha sido bastante repercutido, as autoridades não falaram sobre as possíveis consequências da inoculação múltipla para a saúde do indivíduo.