Notícias » Pré-História

Especialistas acreditam que mulheres também foram caçadoras na pré-história

A suspeita surgiu após o achado de um esqueleto feminino que foi sepultado com equipamentos de caça. Confira!

Redação Publicado em 09/11/2020, às 12h23

Ilustração da pré-história
Ilustração da pré-história - Getty Images

Pesquisadores fizeram uma descoberta surpreendente que pode alterar a antiga hipótese de que os grandes caçadores da pré-história foram somente homens.

Isso se deu após a descoberta de um esqueleto de 9 mil anos. Após a análise de DNA, os pesquisadores descobriram que o os restos mortais eram de uma mulher, mais precisamente de uma adolescente que viveu nos Andes.

O curioso é que ela foi enterrada junto com pontas de lança e outros elementos usados no abate de grandes animais, levantando a questão da caça também para mulheres.

Com isso, arqueólogos tomaram a decisão de revisar dados antigos sobre esse assunto e aprofundando-se mais no tema com novas pesquisas, concluíram que a presença de pessoas do sexo feminino que foram sepultadas com itens de caça nas Américas, é relativamente comum.

Segundo a pesquisa publicada na revista científica, Science Advances, dos 27 esqueletos que continham artefatos de caça em suas sepulturas, 11 eram de mulheres.

“Certamente estávamos interessados em aprender mais sobre a organização social desse grupo, mas não esperávamos obter dados sobre a divisão sexual do trabalho – e não imaginávamos que a sepultura de uma caçadora fosse aparecer”, explica o pesquisador do Departamento de Antropologia da Universidade da Califórnia e um dos autores da pesquisa, Randall Haas.