Notícias » Animais

Especialistas analisam o comportamento agressivo de orcas que estão atacando barcos

Após alguns incidentes próximos à Espanha, pesquisadores trabalham para entender o motivo dos ataques a fim de evitá-los futuramente

Penélope Coelho Publicado em 14/09/2020, às 17h30

Imagem ilustrativa de baleias orca
Imagem ilustrativa de baleias orca - Domínio Público

De acordo com um artigo publicado no site Phys, nos últimos dois meses, um grupo de orcas está atacando barcos em costas localizadas entre a Espanha e Portugal. Segundo a publicação, nesses incidentes, vários barcos foram danificados e marinheiros ficaram feridos.

"O barulho era realmente assustador. Elas estavam batendo na quilha, houve um eco horrível, pensei que eles poderiam virar o barco [...] E esse barulho ensurdecedor enquanto elas se comunicavam, assobiando uma para a outra. Era tão alto que tivemos que gritar”, contou a marinheira Victoria Morris, que vivenciou um dos ataques, em entrevista ao jornal The Sun.

Contudo, os pesquisadores procuram agora entender o motivo desse tipo de comportamento violento. De acordo com os especialistas, é incomum que as orcas fiquem tão agressivas no mar.

"Eu vi essas orcas crescerem desde bebês, conheço suas histórias de vida, nunca vi ou ouvi falar de ataques", afirmou o biólogo marinho Rocio Espada, da Universidade de Sevilha, em entrevista ao portal Observer.

De acordo com o especialista, a área onde os ataques aconteceram é conhecida pelo tráfego intenso de barcos, por isso, Espada acredita que os animais estejam passando por um momento de estresse, já que além das navegações em excesso o local também vem sendo constantemente explorado, diminuindo o alimento natural das baleias.

Devido ao comportamento agressivo das orcas, as autoridades espanholas estão alertando para que o Estreito de Gibraltar — local dos ataques — seja evitado por velejadores.