Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Especialistas repudiam cartazes com desinformações sobre vacinação infantil

Os cartazes contrários à vacinação de crianças contra a Covid-19 foram colados em postes de Araçatuba, no interior de SP

Redação Publicado em 09/02/2022, às 12h46

Cartazes com mensagens antivacina - Divulgação / TV Globo
Cartazes com mensagens antivacina - Divulgação / TV Globo

Especialistas da área da saúde repudiaram cartazes com mensagens contra a vacinação infantil que foram colados em postes de energia elétrica próximos a Unidades Básicas de Saúde de Araçatuba (SP).

Os papéis, que contam com frases como “veneno em nossos filhos não” cita fontes não confiáveis para afirmar que crianças vacinadas podem desenvolver problemas como miocardite, pericardite, infarto, trombose, Acidente Vascular Cerebral (AVC) além de Síndrome de Guillain-Barré.

De acordo com informações do G1, Raquel Stucchi, infectologista e consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia, explicou que o Brasil não está aplicando vacinas de forma experimental, como dizem os cartazes.

“Todas as vacinas foram aprovadas por serem seguras e eficazes. Milhões de crianças já foram vacinadas no mundo. Temos certeza da eficácia e da segurança. Os nossos hospitais estão lotados de crianças com quadros graves de Covid-19”, disse Stucchi.

Já o pediatra infectologista e diretor do Departamento de Imunizações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) de Pediatria, Renato Kfouri, considerou as mensagens absurdas.

“A Covid-19 na pediatria não é desprezível. A doença já vitimou mais de 2,5 mil crianças e adolescentes. Não há motivo para não vacinar as crianças. É dar direito de proteção contra uma doença potencialmente grave. Mais grave do que praticamente todas as doenças do calendário infantil. Quem está com medo da vacina devia ter medo da doença”, conta.

Ricardo Queiroz Gurgel, quem é membro do Departamento Científico de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) declarou que "é uma mentira deslavada" afirmar que a vacina provoca eventos adversos em crianças.

“Não é para acreditar em coisas que não têm nenhum fundamento. É muito importante que as crianças sejam vacinadas contra a Covid-19. As vacinas sempre fizeram bem para as crianças”, ressaltou.

De acordo com a fonte, imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que uma mulher desce do carro para colar papéis em postes de energia próximos a uma Unidade Básica de Saúde. A Polícia Civil de Araçatuba irá investigar o caso para saber se a pessoa responsável pelos cartazes cometeu crime.