Notícias » Biologia

Espécie rara de perereca vista pela última vez há 50 anos é redescoberta em SP

O animal de cor verde-limão e laranja chama atenção pelo tamanho e é natural da Mata Atlântica

Wallacy Ferrari Publicado em 22/01/2022, às 09h20

Fotografia da perereca da espécie Phrynomedusa appendiculata
Fotografia da perereca da espécie Phrynomedusa appendiculata - Ana Claudia Rocha Braga/Arquivo pessoal

Uma rara perereca laranja e verde-limão, com sua última visualização científica registrada em 1970, foi reencontrada por um grupo de pesquisadores que realizavam uma expedição no Parque Estadual Nascentes do Paranapanema (Penap), em Capão Bonito, interior de São Paulo.

A espécie Phrynomedusa appendiculata foi encontrada em uma lagoa, rodeada de mata densa em um local conhecido pela boa preservação da Mata Atlântica. Visto que não era vista há mais de cinco décadas, havia possibilidade de ser classificada como extinta, mas surpreendeu ao ser encontrado em aproximadamente 10 a 15 pererecas, visualizadas em um período de três dias.

O biólogo Alexandre Camargo Martensen, que participou do projeto de desenvolvimento do parque quando ainda não era uma unidade de conservação ambiental, explicou ao portal de notícias G1 o histórico do animal.

A espécie foi coletada em 1924 em Santa Catarina e descrita em 1925 por Adolfo Lutz. Desde então, ela foi vista mais uma vez ainda no início do século passado e depois em 1970 em Santo André. Desde então, ninguém mais via”.

As imagens do animal, registradas pela esposa do pesquisador e professora, Ana Claudia Rocha Braga, mostram as características marcantes do minúsculo animal, que chegou a ter uma de suas unidades coletadas para análise genética, sendo conduzida para o Museu de Zoologia da USP.