Notícias » Europa

Esportistas brasileiros estão presos na Ucrânia

Jogadores do Brasil que fazem parte do time ucraniano Rukh Lviv tentam ir para a Polônia

Paola Orlovas, sob supervisão de Isabela Barreiros Publicado em 26/02/2022, às 06h45

Edson, jogador de futebol brasileiro, na última sexta-feira, 25
Edson, jogador de futebol brasileiro, na última sexta-feira, 25 - Divulgação / YouTube / UOL

Edson, o antigo volante do Bahia, que hoje faz parte do time ucraniano Rukh Lviv, gravou um vídeo onde contava a situação que enfrentava ao tentar deixar a Ucrânia na sexta-feira, 25. O jogador de futebol disse que passou um frio de -1ºC à noite, com pouca comida e sem lugar para dormir, enquanto tenta ir até a Polônia.

Junto com Edson, de acordo com o portal de notícias UOL, estão outros dois esportistas brasileiros: Talles Brenner e Fabrício Alvarenga. O antigo volante do Bahia falou um pouco sobre as dificuldades que o grupo está passando para sair do país:

A gente já está há quase 24 horas tentando sair da Ucrânia. Estamos bem exaustos, cansados para caramba. Filas enormes e um caos pra sair daqui. A forma mais rápida que a gente está analisando é conseguir um carro, ou uma van, mas os carros aqui estão cheios, os ônibus cheios... A gente oferece dinheiro e eles não aceitam, uma coisa bem difícil", afirmou Edson.

O grupo de brasileiros começou o trajeto de carro, ainda na última quinta-feira, 24, saindo da cidade onde moravam, Lviv, indo para Zamosc, que está a cerca de 130 quilômetros. Agora, o caminho é feito por eles a pé, enquanto um veículo e reservas de hotel os esperam na Polônia.