Notícias » Estados Unidos

Esposa de Joe Biden não deixará seu cargo de professora

Jill Biden se tornará a única primeira-dama na história dos EUA a manter o emprego comum

Isabela Barreiros Publicado em 09/11/2020, às 13h36

Joe e Jill Biden
Joe e Jill Biden - Wikimedia Commons

Conforme informado pelo jornal The New York Times, a futura primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, manterá seu emprego comum mesmo quando seu marido, Joe Biden, assumir o cargo de presidente do país. Ela será a 1ª primeira-dama na história dos EUA a continuar em seu trabalho.

Jill é professora universitária, doutora de Inglês na Universidade Northern Virginia Community College, em Washington. A informação do NYT confirma o que a futura primeira-dama já havia dito em entrevista à rede estadunidense CBS em agosto deste ano.

"Se nós chegarmos à Casa Branca, eu vou continuar a ensinar. É importante e eu quero que as pessoas valorizem os professores e saibam de suas contribuições, quero valorizar a profissão", afirmou Jill.

Nos anos em que Bidenfoi vice-presidente de Barack Obama, entre 2009 e 2016, sua esposa também manteve seu emprego no ensino. Agora, com Joe eleito o 46º presidente dos Estados Unidos, ela manterá sua palavra e se tornará a única primeira-dama dos EUA a trabalhar normalmente.