Notícias » Crimes

Esposa de Lázaro Barbosa descarta envolvimento com rituais satânicos: "Ele tinha uma fé em Deus muito grande"

O homem é procurado por suspeita de matar quatro pessoas de uma família no Distrito Federal

Redação Publicado em 21/06/2021, às 12h07 - Atualizado às 17h17

Lázaro em imagem capturada por câmera de segurança
Lázaro em imagem capturada por câmera de segurança - Divulgação / Vídeo / Polícia Civil

A mulher de Lázaro Barbosa, procurado pela suspeita de assassinar quatro pessoas de uma família do Distrito Federal, se pronunciou em entrevista ao jornal Correio Braziliense.

A mulher afirma que o companheiro nunca teve envolvimento com "rituais satânicos", acrescentando que o homem era extremamente religioso, como registra o portal UOL.

“Não acredito em nenhum ritual. Ele tinha uma fé em Deus muito grande, foi até pregador da palavra no presídio. Eu só vou acreditar que ele se envolveu mesmo nisso quando ele for pego e falar", afirmou a mulher que preferiu não se identificar.

Sua fala está relacionada aos boatos de que itens anti-cristãos foram encontrados na residência da família onde o crime aconteceu.

Em união há quatro anos, o casal tem uma filha com 2 anos de idade, além de outro filho do foragido que é fruto de um casamento anterior. A esposa de Lázaro ainda solicitou que ele se entregue e se ofereceu para auxiliar nas negociações.

"Se a gente tivesse a oportunidade de ir com a polícia para o meio do mato para convencê-lo a se entregar. A gente não sabe o que aconteceu na mente e no coração dele. A ficha não caiu", acrescentou.

Lázaro tem 32 anos e nasceu em Barra do Mendes, na Bahia. Na semana passada, ele mobilizou centenas de agentes de Goiás e do DF para capturá-lo durante a última semana — desde que fez outra família refém. Com uma extensa ficha criminal, ele já era procurado por fugir da prisão em condenações anteriores.