Notícias » Estados Unidos

Esposa do maior narcotraficante do planeta, pós-Pablo Escobar, é presa nos EUA

Emma Coronel Aispuro, que é casada com "El Chapo", já estava sendo ré de uma acusação federal americana antes de ser pega

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 23/02/2021, às 07h31

Emma Coronel Aispuro antes de acompanhar audiência nos EUA
Emma Coronel Aispuro antes de acompanhar audiência nos EUA - Getty Images

Emma Coronel Aispuro, de 31 anos, esposa do narcotraficante mexicano Joaquin "El Chapo" Guzman, foi presa durante a tarde da última segunda-feira, 22, no Aeroporto Internacional de Dulles, em Washington, nos Estados Unidos.

A informação, divulgada pelo Departamento de Justiça do país, confirmou que a companheira tentou fugir durante um julgamento, na qual era acusada de cooperação com o tráfico do marido.

A jovem é cidadã americana com dupla nacionalidade e estava comparecendo ao tribunal desde o início do ano, em um caso investigado pelo FBI. A investigação federal aponta que Emma fez parte de uma conspiração para o transporte e comercialização ilegal de cocaína, metanfetamina, heroína e maconha.

Entre os anos de 2015 e 2016, ela tem sido acusada de planejar fugas de Joaquin em suas duas prisões no México, tendo êxito na primeira. Agora, deverá realizar as audiências federais por via de videoconferências mediadas por autoridades prisionais. A defesa de Emma nega as acusações de cooperação.

El Chapo” foi condenado à prisão perpétua em 2019 e teve a pena somada a 30 anos “simbólicos”, sem a possibilidade de solicitar liberdade condicional. Desde então, o ex-chefe do cartel de Sinaloa permanece preso. O narcotraficante é considerado o maior do planeta após a morte do colombiano Pablo Escobar.