Notícias » Arqueologia

Esqueleto de dinossauro, com possíveis marcas de embate, é vendido por 23 milhões de reais

Os ossos do predador pré-histórico tinham 3,5 metros de altura, e 10 metros de comprimento

Ingredi Brunato Publicado em 13/10/2020, às 10h09

Imagem ilustrativa de um esqueleto de alossauro.
Imagem ilustrativa de um esqueleto de alossauro. - Wikimedia Commons

Nessa quarta-feira, 13, uma casa de leilões em Paris, na França, vendeu o esqueleto alossauro - que era um dinossauro carnívoro bípede - pela assombrosa quantia de 3,5 milhões de euros (aproximadamente 23 milhões de reais). O comprador, contudo, não teve sua identidade divulgada. 

O lance inicial da compra milionária teria sido um milhão de euros, segundo divulgado pelo UOL. O esqueleto leiloado não estava totalmente completo, mas o fato de 70% dos ossos estarem presentes já o torna muito especial. 

Os restos do alossauro foram desenterrados há três anos atrás, numa cidade dos EUA. De forma curiosa, eles foram encontrados alinhados, em vez de espalhados, o que facilitou o trabalho de restauração. 

O espécime tem ainda um último detalhe para torná-lo único, que são marcas de garras nos ossos da caixa toráxica do dinossauro, que segundo os responsáveis pelo leilão seriam o resultado de uma luta ferrenha com um outro animal pré-histórico.