Notícias » EUA

Estadunidense encontra valor correspondente a 179 mil reais em sofá, mas devolve para o dono original

O idoso comprou o móvel em uma loja de usados, no entanto, achou moralmente inválido ficar com o dinheiro para si

André Nogueira Publicado em 20/01/2020, às 12h00 - Atualizado às 12h44

Howard Kirby
Howard Kirby - Divulgação

Um cidadão do estado de Michigan, EUA, ganhou as manchetes do país após encontrar U$ 43.000 em um sofá doado que comprou mas, devolveu o dinheiro por ética. Howard Kirby conseguiu o móvel em dezembro de 2019, numa loja de usados, percebendo apenas no ano seguinte a quantia em uma das almofadas.

Kirby disse à CNN: "Eu ainda tenho que me beliscar para ter certeza de que não estou sonhando ou algo assim". A descoberta ocorreu por acaso, durante a troca do assento no sofá.

Almofada em questão / Crédito: Divulgação

 

Apesar de não ser obrigado legalmente a devolver o dinheiro encontrado, Kirby não achou certo ficar com o montante. Ligou para a loja onde comprou o móvel e entrou em contato com o dono original, Kim Fauth-Newberry, cujo avô deixara o sofá após a morte.

"Para mim, é alguém que, apesar do que está passando, apesar de suas próprias necessidades, disse: 'Eu só vou fazer a coisa certa'", afirmou a gerente Rick Merling, que achou a ação inspiradora.