Notícias » Estados Unidos

Estátua de Cristóvão Colombo é retirada de São Francisco, nos EUA

Depois de uma onda de manifestações antirracistas, monumentos que homenageavam figuras polêmicas estão sendo retirados

Caio Tortamano Publicado em 18/06/2020, às 18h09

Imagem do homem que seria Cristóvão Colombo
Imagem do homem que seria Cristóvão Colombo - Wikimedia Commons

A cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, decidiu retirar a estátua de Cristóvão Colombo que foi alvo de manifestações antirracistas. A decisão foi aprovada pela Comissão de Artes da cidade, que já analisava a medida bem antes dos protestos motivados pela morte do homem negro George Floyd.

Políticos da cidade afirmaram que a retirada se deu por considerarem o símbolo fora de lugar, uma vez que a chegada do colonizador resultou no genocídio dos grupos indígenas que habitavam no continente.

Ao longo dos últimos meses, a estátua teria sido danificada diversas vezes, como aponta a emissora de televisão americana ABC. No ano passado, manifestantes jogaram tinta vermelha sob a estátua para simbolizar o sangue daqueles afetados pela colonização. O ato acompanhava a mensagem: "Destrua todos os monumentos do genocídio e mate todos os colonizadores".

Através das redes sociais, moradores da cidade e apoiadores da causa comemoraram a retirada do monumento de Colombo. Entretanto, ainda não se sabe ao certo qual será o próximo destino da estátua.