Notícias » Europa

Estátua de Maria Madalena é achada em jardim após décadas e será leiloada

Anteriormente usada como decoração em quintal, seu valor da venda foi estimado entre R$ 33 milhões e R$ 53 milhões

Wallacy Ferrari Publicado em 19/03/2022, às 08h38

Estátua de Maria Madalena reclinada por Antonio Canova
Estátua de Maria Madalena reclinada por Antonio Canova - Divulgação / Christie's

Uma estátua esculpida pelo lendário artista italiano Antonio Canova em seu último ano de vida, permaneceu desaparecida por décadas, chamando atenção de especialistas não apenas quando foi encontrada, mas também pelo contexto da descoberta.

A representação de Maria Madalena, reclinada sobre almofadas, estava instalada no jardim de uma casa simples na Inglaterra, com seu antigo dono sequer sabendo da origem do artefato ou de seu valor, sendo usado como item decorativo.

Agora recuperada pela casa de leilões Christie's, a peça finalmente pode atingir seu devido valor com o reconhecimento do artista e obra, sendo disponibiliada para leilão no evento Christie's Classic Week. Seu valor da venda foi estimado entre 5 milhões de libras (cerca de R$ 33 milhões na cotação atual) e 8 milhões de libras (aproximadamente R$ 53 milhões).

Em entrevista ao site da tradicional leiloaria londrina, Mario Guderzo, estudioso do escultor e ex-diretor do Museu Antonio Canova, classificou como "um milagre" o achado em perfeito estado, mesmo longe dos protocolos ideais de conservação.

Esse trabalho vem sendo procurado por estudiosos há décadas, então a descoberta é de fundamental importância para a história da arte”, acrescentou.