Notícias » Austrália

Após despertar de coma, estudante chinês é acusado de matar ex-namorada

O suspeito havia caído da varanda do apartamento da moça após cometer o crime

Ingredi Brunato, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 21/01/2021, às 13h36

Fotografias de Liqun Pan, a namorada que foi assassinada
Fotografias de Liqun Pan, a namorada que foi assassinada - Divulgação

Na última quarta-feira, 20, um jovem chinês de 21 anos foi acusado de ter espancado a ex-namorada até a morte. Weijie He havia passado os últimos sete meses em coma, motivo pelo qual não foi indiciado antes. O caso, que ocorreu na cidade de Sydney, foi repercutido pelo ABC Austrália

"Testemunhas nos disseram que ele caiu do quarto andar de uma área comum, então foi uma desventura ou uma tentativa de suicídio. Ele tem muita sorte de estar vivo. A maioria das pessoas não teria sobrevivido", comentou o detetiveRobert Alison ao veículo. 

A ex-namorada de Weijie se chamava Liqun Pan e era dois anos mais nova que ele. Ambos estavam na Austrália com visto de estudante. Enquanto ela foi encontrada morta em seu apartamento, o suspeito foi descoberto com graves ferimentos na rua embaixo da varanda dela. 

O casal tivera um relacionamento de dois anos previamente ao crime, já a motivação por trás do ato de violência ainda não foi esclarecido. A primeira audiência ocorreu na própria quarta-feira, através de uma videochamada, por conta da pandemia.