Notícias » Arqueologia

Estudante de arqueologia encontra vestígios da Segunda Guerra acidentalmente

A descoberta foi feita quando ela passeava com a família e inclui pedaços de cerâmica datados do período georgiano

Ingredi Brunato Publicado em 15/08/2020, às 12h00

A estudante Emma Marsh rodeada dos achados
A estudante Emma Marsh rodeada dos achados - Divulgação/Emma Marsh

Emma Marsh estava passeando em uma praia de Liverpool, na Inglaterra, quando encontrou uma área de 2,2 quilômetros repleta de pedras, tijolos, louças e pedaços de cerâmica. Segundo descoberto pela estudante de arqueologia, tratam-se de escombros de bombardeios ocorridos durante a Segunda Guerra Mundial. 

Liverpool foi a segunda cidade mais bombardeada durante o período, perdendo apenas para Londres, e é possível que as autoridades da época só não soubessem o que fazer com os restos dos edifícios. Por isso, os detritos foram despejados ao longo da praia. 

Pedaço de lareira antiga / Crédito: Divulgação/ Emma Marsh 

 

Entre os achados, estão fragmentos de lápides, lareiras vitorianas e cerâmicas do período georgiano. Com ajuda de seguidores no Twitter, Emma conseguiu também rastrear a origem de alguns dos escombros, tendo identificado por exemplo tijolos da Igreja Metodista Wesleyana, que foi severamente danificada durante a Segunda Guerra

O que restou de uma lápide / Crédito: Divulgação/ Emma Marsh 

 

A jovem de 21 anos ainda relata que gostaria de colocar placas na praia, para ensinar aos transeuntes sobre a história dos detritos despejados no local. “As pessoas estão pisando nos escombros sem perceber o que são”, reflete Emma, que usou os achados como objeto de pesquisa para sua dissertação, e pretende tornar suas conclusões acessíveis ao público também online.