Notícias » Mundo

Aventura que virou tragédia: Estudantes morrem em caminhada para ver erupção de vulcão

A dupla foi avisada que aproximar-se do local era perigoso, mas decidiu ir mesmo assim

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 22/04/2021, às 16h25

Fotografia de uma erupção anterior do vulcão Piton de la Fournaise
Fotografia de uma erupção anterior do vulcão Piton de la Fournaise - Wikimedia Commons

Nesta quinta-feira, 22, os cadáveres de dois jovens foram encontrados próximos do vulcão Piton de la Fournaise, que fica em um território francês chamado Ilha da Reunião. O caso foi divulgado pelo Zinfo974, um veículo local. 

Os dois colegas, que eram estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia da região, teriam ido até o local na última terça, 20, a fim de presenciar uma erupção, porém segundo as especulações da polícia acabaram sendo vítimas de um outro fenômeno natural: um raio. A hipótese foi elaborada levando em conta que os cabelos e pés dos caminhantes estavam queimados. 

Outro detalhe do triste caso é que a dupla foi avisada previamente dos perigos oferecidos pela zona próxima de um vulcão ativo, com os policiais da ilha dizendo que apenas os “cientistas do Observatório local” tinham os equipamentos adequados para fazer isso,  porém seguiram com o plano mesmo assim. 

A operação de busca contou com uma equipe familiarizada com a zona onde o Piton de la Fournaise está localizado mais um suporte aéreo realizado por helicópteros. Agora que os corpos foram recuperados, o próximo procedimento realizado pelas autoridades será uma autópsia que determinará o horário e a causa exata da morte dos jovens estudantes.