Notícias » Arqueologia

Estudo sugere que clima acelerou a extinção de espécies humanas

Segundo os dados analisados pela pesquisa, as oscilações de temperatura podem ter acabado com três diferentes hominídeos

Pamela Malva Publicado em 15/10/2020, às 16h00

Reconstrução de rosto de Homo erectus
Reconstrução de rosto de Homo erectus - Divulgação

Há alguns anos, o biólogo Pasquale Raia, da Universidade de Nápoles Federico II, na Itália, decidiu investigar a relação de diferentes espécies de humanos e os climas de suas respectivas épocas. Com base em milhares de dados, então, ele descobriu que o resfriamento global pode ter influenciado na extinção de alguns antepassados.

No total, os cientistas reconhecem nove diferentes espécies de seres humanos, que têm caminhado pelo mundo há centenas de milhares de anos. Para a pesquisa, que foi publicada na quinta-feira, 15, na revista One Earth, seis espécies foram comparadas com mais de 3 mil registros e dados paleoclimáticos dos últimos 5 milhões de anos.

As respostas das análises, então, surpreenderam Pasquale e seus colegas. Segundo os cientistas, os resultados sugerem que as oscilações climáticas na Terra — do frio glacial aos períodos mais quentes — podem ter agravado a extinção dos Neandertais. Além deles, os Homo erectuse Homo heidelbergensis também sofreram com o clima.

Reconstrução de busto de um Homo erectus / Crédito: Wikimedia Commons

 

A pesquisa, no geral, analisou dados — como idades estimadas e localizações — dos fósseis de seis espécies de humanos. Ainda assim, ficou claro que os Homo erectus, neanderthalensis e heidelbergensis apresentavam características muito mais vulneráveis às oscilações climáticas. Assim, o resfriamento pode ter acelerado sua extinção.

Ao fim da pesquisa, Pasquale ainda salientou que os resultados sugerem um panorama negativo para o nosso próprio futuro. Segundo o cientista, a descoberta deve servir de alerta para o que podemos encontrar daqui para frente, com o aquecimento global. Na opinião de outros cientistas, contudo, é preciso ter cautela ao analisar os registros de fósseis e tirar tais conclusões sobre a exinção de antigos hominídeos.