Notícias » Estados Unidos

Antes de morrer, influenciadora se arrepende de não ter tomado vacina: ‘Não deveria ter esperado’

Megan Alexandra Blankenbiller faleceu por complicações causadas pela Covid-19

Penélope Coelho Publicado em 10/09/2021, às 08h29 - Atualizado às 14h49

Megan Alexandra Blankenbiller em vídeo
Megan Alexandra Blankenbiller em vídeo - Divulgação/atasteofalex/TikTok

Na última quinta-feira, 9, o portal NBC News trouxe à tona um triste caso que vem chamando a atenção dos norte-americanos nas últimas semanas, trata-se da morte da TikToker, Megan Alexandra Blankenbiller, que faleceu após testar positivo para o novo coronavírus, a mulher havia escolhido não tomar a vacina.

Segundo revelado na publicação, em 15 de agosto a influenciadora moradora de Jacksonville, na Flórida, gravou um vídeo e publicou a filmagem para seus milhares de seguidores.

Na gravação — que já atingiu mais de 850 mil visualizações — Megan afirma que se arrependeu de não ter tomado a vacina contra o novo coronavírus. Na ocasião, a influenciadora já estava internada.

Ofegante, Blankenbiller afirma: “Não tenho muita energia para falar, então vou tentar fazer isso rápido. Vou fazer algumas pausas [...] eu não fui vacinada [...] Não sou antivacina. Só estava tentando fazer minha pesquisa. Estava com medo”.

“Foi um erro [...] eu não deveria ter esperado [...] Não espere. Vá buscá-la. Então você não vai acabar no hospital como eu”, disse.

De acordo com a reportagem, uma semana após a publicação do vídeo, uma irmã de Alexandra informou o falecimento da familiar nas redes sociais.

Sabe-se que atualmente, os EUA enfrentam dificuldades relacionadas à pandemia, justamente por boa parte da população ainda recusar o imunizante. De acordo com as últimas informações, o país registra 40,7 milhões de casos desde o início da pandemia, com 656 mil óbitos em decorrência do vírus.