Notícias » Coronavírus

EUA confirmam primeira morte por ômicron

Homem que morreu no Texas não havia sido vacinado contra covid-19

Isabela Barreiros Publicado em 21/12/2021, às 07h34

Imagem meramente ilustrativa da Sars-cov-2
Imagem meramente ilustrativa da Sars-cov-2 - Divulgação/Pixabay/TheDigitalArtist

Os Estados Unidos confirmaram nesta terça-feira, 21, a primeira morte em decorrência da variante ômicron do novo coronavírus. A vítima foi um homem de 50 anos, morador do Texas, não vacinado contra a covid-19.

Segundo um comunicado do serviço de saúde pública do Condado de Harris, onde o indivíduo vivia, ele já havia sido diagnosticado com a doença e não chegou a tomar nenhum imunizante contra ela.

“O indivíduo tinha maior risco de complicações graves pela Covid-19 por não estar vacinado e a problemas de saúde subjacentes”, diz a nota do serviço de saúde.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) alertou os Estados Unidos para a nova cepa após detectar que ela havia se tornado a variante dominante, ultrapassando a Delta, que era o maior problema do país há pouco tempo.

Agora, a ômicron está sendo a responsável por mais de 73% dos novos casos de covid-19 em território estadunidense e preocupando especialistas. As informações são da CNN.