Notícias » Estados Unidos

EUA: Em decorrência da forte onda de calor, peixes aparecem com queimaduras

De acordo com os especialistas, as altas temperaturas atingiram os animais do rio Columbia

Penélope Coelho Publicado em 31/07/2021, às 10h12

Salmão com queimadura
Salmão com queimadura - Divulgação/ Youtube/ Columbia Riverkeeper

No mês de julho, biólogos que trabalham para proteger o rio Columbia, que cruza os estados de Washington e Oregon, ao noroeste dos Estados Unidos, registraram dados preocupantes.

Segundo os profissionais, os animais marinhos da região estão sofrendo consequências graves, em decorrência das intensas ondas de calor que atingem o país, os peixes estão sendo cozidos vivos nos rios. As informações são da revista VEJA.

Na última quarta-feira, 28, os especialistas divulgaram um vídeo em que salmões aparecem repletos de queimaduras em suas escamas. Sabe-se que em julho, esses animais sobem o rio para o período de desova. Normalmente, o clima é ameno nessa época do ano, contudo, atualmente, as temperaturas registradas na região chegaram a 49ºC.

Os especialistas alertam para o a alto nível de calor registrado, para eles, as temperaturas machucaram os animais e tais danos foram intensos demais para que os peixes consigam sobreviver.

As altas temperaturas prejudicaram não somente os animais, além do recorde de incêndios, mais de 500 pessoas morreram em decorrência do clima quente na Costa Oeste dos EUA e no Canadá.

Confira o vídeo dos peixes.