Notícias » Estados Unidos

Esquilo é diagnosticado com peste bubônica nos Estados Unidos

As informações foram confirmadas pelas autoridades da saúde do local — que agora procuram uma solução

Penélope Coelho Publicado em 14/07/2020, às 11h17

Imagem ilustrativa de um esquilo
Imagem ilustrativa de um esquilo - Pixabay

Representantes do governo informaram que um esquilo encontrado em Morrison, no Colorado, Estados Unidos, apresentou laudo positivo para peste bubônica. As informações são ABC News.

De acordo com o jornal, essa é a primeira vez que um caso dessa doença foi detectado em um animal naquela localidade. A peste bubônica se tornou mundialmente conhecida por ter matado cerca de 50 milhões de pessoas, na Europa, Ásia e África durante o século 14.

Os especialistas da área da saúde alertaram para um cuidado maior por parte da população, já que é possível que seres humanos sejam infectados pela enfermidade através de picadas de pulgas infectadas e pelo contato com sangue e tosse.  

Para os especialistas, os gatos são os animais domésticos mais suscetíveis a contraírem e transmitirem a doença para os seus donos, por isso, foi feito um pedido para que os moradores tomem cuidado com seus animais de estimação.

Precauções 

As autoridades da Saúde Pública do Condado de Jefferson (JCPH) liberaram um comunicado para os habitantes: “Os sintomas da peste podem incluir início súbito de febre alta, calafrios, dor de cabeça, náusea e dor extrema e inchaço dos gânglios linfáticos, ocorrendo dentro de dois a sete dias após a exposição. A peste pode ser efetivamente tratada com antibióticos quando diagnosticada precocemente. Qualquer pessoa com esses sintomas deve consultar um médico.”.

Além disso, o comunicado afirma que a peste pode ser tratada com antibióticos se for diagnosticada precocemente. As autoridades pedem para que os moradores tomem algumas precauções como: não alimentar animais selvagens, reduzir o lixo do quintal e manter seus animais domésticos dentro de casa.

Até o momento, os governantes da cidade de Morrison não afirmaram o que foi feito com o esquilo contaminado.