Notícias » Estados Unidos

EUA: Homem que pulou de avião em movimento é condenado

O caso aconteceu em junho de 2021 e foi julgado recentemente; relembre

Penélope Coelho Publicado em 01/02/2022, às 09h51

Imagem meramente ilustrativa de avião da United Airlines
Imagem meramente ilustrativa de avião da United Airlines - Getty Images

Um caso que aconteceu em junho de 2021 foi julgado pelo tribunal dos EUA, na última segunda-feira, 31.

Na ocasião, o mexicano Luis Armando Victoria Dominguez, de 34 anos, foi condenado a 1 ano e 6 meses de prisão, pela tentativa de invadir a cabine de um avião, agredir a comissária de bordo e pular para fora da aeronave em movimento. O passageiro também foi condenado a pagar multa de cerca de R$ 106,8 mil.

De acordo com informações do portal de notícias UOL, na época do caso, Dominguez estava em um voo da United Airlines, que ia de Los Angeles para Salt Lake City. Testemunhas relatam que assim que o avião deixou o portão de embarque, o homem "começou a bater na porta da cabine”.

Ao perceber que não teria sucesso na área restrita da aeronave, o passageiro se dirigiu a saída de emergência e abriu parcialmente a porta, acionando o escorregador de emergência. As tentativas de contê-lo foram em vão, já que Luis conseguiu pular, quando o avião já estava em movimento na pista de decolagem.

Segundo revelado na reportagem, ele teria quebrado a perna direita. Em outubro do ano passado ele se declarou culpado pelo caso e justificou o ocorrido afirmando que teria usado drogas no dia anterior. O homem afirma que se assustou quando um passageiro teria dito que o voo não teria Salt Lake City como destino.