Notícias » Estados Unidos

EUA: Mais de 150 pessoas são presas após festa ilegal

Aglomeradas e sem máscara, os participantes do evento descumpriram as medidas impostas durante a pandemia do novo coronavírus

Penélope Coelho Publicado em 09/12/2020, às 11h14

Pessoas presas após uma festa ilegal nos EUA
Pessoas presas após uma festa ilegal nos EUA - Divulgação/Departamento de Polícia da Califórnia

De acordo com informações publicadas nesta quarta-feira, 9, pelo portal de notícias UOL, cerca de 158 pessoas foram presas em Palmdale, no sul da Califórnia, Estados Unidos, após participarem de uma festa ilegal em meio à pandemia do novo coronavírus.

Segundo revelado na publicação, o evento contou com muita aglomeração e nenhuma recomendação foi seguida, como, o distanciamento social e o uso de máscaras.

Além disso, os policiais acharam algumas armas no local da festa e também encontraram um adolescente vítima de tráfico humano, contudo, as autoridades não deram mais informações sobre o caso desse jovem.

Sabe-se que os ingressos para o evento foram vendidos pela internet, agora, os organizadores serão punidos por violação da ordem pública. As 158 pessoas que participaram da festa eram jovens entre 16 e 22 anos, todos foram levados para delegacia e receberam máscaras.

Em entrevista para o canal local KTTV Fox 11, o xerife da região, Paul Zarris, definiu o evento ilegal como um “super-propagador de Covid-19".

Sobre a Covid-19

De acordo com as últimas informações dos órgãos de saúde, os Estados Unidos apresentam os dados mais alarmantes para o novo coronavírus, sendo o primeiro do mundo no número de mortes. No país, 286.443 mil pessoas já morreram em decorrência da doença e o número de casos é de 15.248.582.

Em 1º de dezembro de 2019, o primeiro paciente apresentava sintomas do novo coronavírus em Wuhan, epicentro da doença na China, apontou um estudo publicado na revista científica The Lancet em fevereiro deste ano.  

De lá pra cá, a doença já infectou mais de 68 milhões de pessoas ao redor do mundo, totalizando mais de 1.559.092 milhão de mortes, sendo mais de 178 mil delas apenas no Brasil, que está no segundo lugar entre os países onde mais pessoas morreram por complicações da Covid-19.