Notícias » Estados Unidos

EUA: Passageiro é expulso de voo por usar roupa íntima como máscara

O homem protesta contra a medida sanitária que considera "teatro"

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 20/12/2021, às 14h01

Homem usa calcinha como máscara
Homem usa calcinha como máscara - Divulgação / YouTube / NBC

Um passageiro norte-americano foi expulso de um voo comercial da United Airlines após tentar protestar contra o uso de máscaras faciais usando no rosto uma calcinha vermelha ao invés do acessório padronizado por lei federal. O caso aconteceu na última quarta-feira, 15.

Identificado como Adam Jenne, de 38 anos, ele compunha o quadro de passageiros em um trajeto entre Fort Lauderdale, na Flórida, para a capital Washington (DC), quando foi abordado por uma comissária de bordo. O episódio foi registrado em vídeo pelo passageiro da poltrona ao lado.

Ao recusar utilizar a proteção adequada contra o novo coronavírus, o homem teve de se retirar da aeronave. Posteriormente entrevistado pela WBBH, emissora afiliada da NBC, ele afirmou que usou o adereço em outros voos e considera a medida sanitária um exagero, afirmando que "a melhor maneira de ilustrar o absurdo é fazendo absurdos".

"Não faz sentido. A covid não sabe que estamos em altitude de cruzeiro. É estúpido, a coisa toda é um teatro. [...] Em cada voo, recebo reações diferentes da tripulação. Algumas de aprovação, outras de confronto", opinou Adam.

A medida é obrigatória em voos dentro do território americano até março de 2022, podendo ser prorrogada pelo presidente Joe Biden. Condira abaixo o momento da expulsão: