Notícias » Rússia

Ex-aluno detona bomba em escola na Rússia e deixa feridos

O caso ocorreu em uma instituição de ensino ortodoxa, na cidade de Serpukov

Redação Publicado em 13/12/2021, às 11h22

Ex-aluno detonou bomba em escola
Ex-aluno detonou bomba em escola - Divulgação / Moscow Times / Vitaly Gladyshev / VK

Um jovem de 18 anos, ex-aluno de uma escola ortodoxa russa colocou uma bomba na instituição de ensino, na cidade de Serpukov. Segundo a polícia, ao menos dez pessoas acabaram se ferindo na explosão, estando entre elas, o próprio autor do atentado.

De acordo com a representante da comissão de investigação, Olga Vradii, o suspeito "está em cuidados intensivos" e, por isso, "os investigadores não conseguiram trabalhar com ele".

Segundo a comissária regional para os direitos das crianças, Ksenia Mishonova, nove dos dez menores que ficaram feridos se encontram no hospital. No entanto, nenhum deles está em estado grave.

Conforme informações do UOL, ainda não se sabe o que teria motivado o jovem a cometer o crime, mas o Comitê de Investigação russo abriu uma investigação por "tentativa de homicídio" e por "tráfico de explosivos". As autoridades acreditam que o ex-aluno "queria se suicidar".

"A Igreja, inclusive nas escolas, tem que lidar com adolescentes que não são fáceis, cujas vidas foram devastadas. E continuaremos trabalhando com todas as crianças", declarou o porta-voz da Igreja Ortodoxa Russa, Vladimir Legoyda.